A ROTA MARIANA É DEVOÇÃO

Santuário como sinónimo de caminho: em diferentes etapas, lugares e cidades, este percurso que atravessa la regiao de Aragão permite visitar importantes santuários numa peregrinação com um fim comum. É um viagem que é um experiência única.

Percorrer a Rota Mariana de Aragão e os seus santuários permite, além de desfrutar e conhecer ao mesmo tempo um território com um vasto património artístico, cultural e natural, viver uma bela experiência íntima e espiritual que faz do percurso uma viagem inesquecível.Torreciudad e o Pilar, os distintos atrativos em forma de catedrais, castelos, mosteiros e igrejas entre outros…todos convertem esta rota num destino com um alto valor religioso e spiritual, uma das rotas mais visitadas em Espanha et também em Europa. São muitas as pessoas que visitam os santuários sem ser crentes, são turistas que se sentem atraídos pela beleza artística e arquitetónica dos templos e dos lugares que os acolhem. Tanto os viajantes, como os peregrinos e os crentes que acodem com objetivos religiosos, têm diferentes opções de visita que complementarão e enriquecerão a experiência geral da rota.
É fato que a Rota Mariana de Aragão é um caminho, uma peregrinação e uma viagem que une a cultura e a devoção, a arte e a espiritualidade, a natureza e o recolhimento. Torreciudad e o Pilar são santuários irmãos que proporcionam uma aproximação única à Virgem Maria e oferecem conjuntos artísticos e monumentais singulares. Por isso, a Rota Mariana é visitada por crentes e amantes do património.
Mas…como é que nasce esta Rota Mariana? E porquê? Este percurso tem origem no antigo caminho mariano ‘Pilar-Torreciudad-Lourdes’ que os peregrinos percorrem há tanto tempo. Muitos, depois de visitar o Pilar de Saragoça, passavam por Torreciudad, antes de atravessar a fronteira francesa para se dirigirem a Lourdes. A precisão deste percurso deu lugar à Rota Mariana que atualmente contempla cinco santuários.
Falar do ‘o Pilar’ é falar de um dos santuários mais importantes da religião católica, um lugar onde Nossa Senhora do Pilar é venerada por milhares de peregrinos e pessoas vindas de todos os cantos do mundo. Como se trata de um santuário urbano, situado no centro de Saragoça, o Pilar é uma paragem obrigatória para todos aqueles que visitam a cidade. O outro grande santuário aragonês, Torreciudad, é um moderno santuário e lugar de reunião e peregrinação para milhares de famílias e grupos, sendo um dos lugares mais visitados de Aragão. É conhecido como o Santuário das Famílias. E o terceiro santuário em este percurso do origem é Lourdes, lugar cosmopolita e universal: o primeiro destino de peregrinação mariana do mundo.
Na atualidade são cinco os santuários que integram a Rota Marina tão internacional e traçam o percurso (o Pilar, Torreciudad, Montserrat, Lourdes e Meritxell). Todos eles são renomados templos marianos que se situam a ambos os lados dos Pirenéus e que oferecem ao viajante e peregrino uma experiência única que segue os passos de Maria.
Para mais informação, consulte a página Turismo de Aragão

Este sitio web utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.plugin cookies

ACEPTAR
Aviso de cookies